Apple em Apuros? Perda estimada em $200 Bilhões com restrições na China

NOTÍCIAS

A gigante tecnológica Apple está enfrentando uma tempestade de perdas financeiras à medida que as tensões entre os EUA e a China se intensificam. Relatos apontam que a empresa está sendo alvo do governo chinês, e o resultado não é nada doce para os acionistas.

Corda Bamba

As ações da Apple despencaram 3% na quinta-feira e estão em queda de mais de 5% na semana, tudo por causa de um rumor de proibição de iPhones para funcionários estatais chineses, supostamente ditada por Pequim.

Veja também: Huawei lança smartphone que supera todos os limites e desafia a Apple!

A notícia inicialmente surgiu no Wall Street Journal, que citou fontes não identificadas afirmando que a China ordenou que funcionários em agências governamentais centrais não usem iPhones ou outros telefones de marcas estrangeiras. O Financial Times também corroborou a história, com seis fontes anônimas de instituições governamentais e empresas estatais, incluindo uma empresa de tecnologia nuclear e um hospital, alegando terem sido instruídas a parar de usar telefones Apple. Essa proibição expande restrições anteriores no uso de iPhones para trabalho.

Impacto financeiro

Victoria Scholar, chefe de investimentos da plataforma britânica Interactive Investor, comentou: “Pequim está buscando reduzir sua dependência da tecnologia americana, mas essa proibição representa um obstáculo significativo para a Apple, já que a China é seu maior mercado internacional, respondendo por cerca de 20% de suas receitas.” Até o momento, a Apple não emitiu nenhum comentário oficial sobre a situação.

Tensões entre EUA e China

As tensões entre os EUA e a China estão em alta, com o presidente Joe Biden assinando um decreto no mês passado que impõe bloqueios e regulamentações ao investimento de alta tecnologia dos EUA na China, refletindo a crescente competição entre as duas maiores economias do mundo.

Enquanto a Apple enfrenta esse revés, a gigante de tecnologia chinesa Huawei lançou recentemente seu mais novo smartphone top de linha, o Mate 60 Pro, que está vendendo rapidamente na China. O aparelho, que é visto como uma ameaça à Apple, suscitou preocupações sobre a capacidade da China de contornar as restrições dos EUA à Huawei.

Com um futuro incerto para a Apple e a crescente competição no horizonte, tudo o que podemos fazer é esperar e ver como essa batalha tecnológica se desenrola. Quer mais notícias como essa? Continue ligado no Seu Passatempo para as atualizações mais recentes!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *