Campo de concentração: Riachuelo retira coleção de pijamas das lojas após polêmica associação com nazismo

NOTÍCIAS

A gigante da moda, Riachuelo, está tomando medidas após uma onda de críticas nas redes sociais. O motivo? Um conjunto de roupas que gerou uma controvérsia significativa. O conjunto, composto por uma camisa e uma calça listrados em branco e azul, foi associado por internautas aos uniformes dos campos de concentração nazistas durante a Segunda Guerra Mundial. Uma associação que causou indignação.

Veja também: HOJE: Apple Store fica fora do ar justamente no dia do lançamento do iPhone 15!

Vozes da crítica

Entre as vozes que se destacaram nesse coro de críticas está a da especialista em cultura material e consumo, e semiótica psicanalítica da USP, Maria Eugênya. Em uma publicação amplamente compartilhada, ela enfatizou a importância de “conhecer a história” e classificou a decisão da Riachuelo como “puro cinismo”, ao priorizar o “uso estético em detrimento da crítica e memória histórica”.

Resposta da riachuelo

A Riachuelo, em resposta à polêmica, emitiu uma nota oficial. A empresa reconheceu que a escolha do modelo e das cores foi “realmente uma infelicidade” e reiterou que não teve a intenção de fazer alusão a um período marcado por graves violações aos direitos humanos. Todas as peças estão sendo retiradas das lojas e do e-commerce, e a empresa emitiu um pedido de desculpas às pessoas que se sentiram ofendidas.

Medidas e esclarecimentos

Até o momento desta matéria, a Riachuelo não detalhou se tomará medidas adicionais após a retirada das peças de circulação. Clientes procuram esclarecimentos sobre o processo criativo por trás da concepção das peças e sobre as estratégias da empresa para prevenir situações de sensibilidade histórica e cultural no futuro. O espaço para resposta da empresa permanece aberto.

Continue acompanhando o Seu Passatempo para ficar por dentro das últimas atualidades e notícias sobre as polêmicas que agitam o mundo da moda e muito mais!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *