Concurso Nacional Unificado

CONCURSO NACIONAL UNIFICADO: Governo PODE  preencher 8 mil vagas federais com PROVA ÚNICA!

NOTÍCIAS

O Concurso Nacional Unificado está vindo com tudo! O Ministério da Gestão e da Inovação em Serviços Públicos (MGI) lançou a proposta que vai agitar o mundo dos concursos públicos. Fique por dentro de todos os detalhes sobre essa revolução e como ela vai funcionar.

Veja também: Você Pode Ser Herdeiro Sem Saber! Descubra Se Você Tem Dinheiro A Receber Do Governo Collor

Unificação de provas

Na ultima sexta-feira (25), o MGI surpreendeu ao apresentar um projeto inovador: a unificação das provas para concursos públicos federais. Inspirado no Enem, o Concurso Nacional Unificado está ganhando destaque.

Participação voluntária

Os ministérios têm a opção de aderir a esse concurso único, que promete uma seleção mais justa e eficiente. De acordo com o MGI, o edital será lançado até dezembro deste ano, e a data da prova está marcada para 25 de fevereiro de 2024.

Blocos temáticos

As vagas estão organizadas em categorias temáticas, abrangendo áreas como Administração, Educação, Saúde, Tecnologia e muito mais. A prova, marcada para fevereiro de 2024, terá dois momentos: primeiro, provas objetivas comuns a todos; segundo, provas específicas por blocos temáticos.

O futuro dos concursos públicos

O secretário de Gestão de Pessoas do MGI, José Celso Cardoso Jr, revelou que esse formato unificado tem se mostrado mais eficaz na seleção de servidores. A ideia é trazer pessoas comprometidas com o setor público, promovendo justiça e qualidade nos quadros federais.

Novo horizonte na seleção de servidores

O Concurso Nacional Unificado será organizado por uma super equipe, incluindo o MGI, INEP, IPEA, ENAP e AGU. O ato oficial que define a estrutura do concurso será publicado até meados de setembro deste ano.

Quer saber mais sobre as novidades no mundo dos concursos e carreira? Acesse o Seu Passatempo e fique por dentro de tudo!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *