Lagosta

Lagosta nem sempre foi um luxo. Veja a época em que a lagosta era mais barata do que feijão

CURIOSIDADES

Há cerca de 100 a 150 anos, as praias de Massachusetts, nos EUA, eram frequentemente cobertas por lagosta, apelidada de “Barata do Mar”, em montes que chegavam a ter até dois pés de altura.

Sua abundância as tornava tão triviais que eram usadas como isca para peixe, alimento para cães e até mesmo fertilizante. Consumir lagosta não era visto como um luxo, mas sim como uma fonte barata de proteína, tão comum que era enlatada e servida a servos, prisioneiros e soldados.

A reviravolta no destino da lagosta

Por incrível que pareça, um século atrás, latas de feijão eram cinco vezes mais caras do que lagosta enlatada. No entanto, com a expansão das ferrovias para o Oeste, os gestores ferroviários viram uma oportunidade.

Ao adquirir lagostas a baixo custo no litoral Leste e oferecê-las a clientes nas regiões interiores, descobriram um novo mercado. Os cozinheiros perceberam que, ao preparar a lagosta viva, o sabor melhorava, e logo, essa iguaria começou a ganhar popularidade.

A alta demanda e a escassez de oferta

Com a crescente demanda por parte dos viajantes das ferrovias, os restaurantes locais começaram a incluir lagostas em seus cardápios. A procura aumentou tanto que, até os anos 1950, os preços dispararam, tornando a lagosta uma comida muito mais elitizada.

O estrelato no mundo gourmet

Hoje, a lagosta ocupa um lugar de destaque nos menus gourmet, rivalizando com iguarias como foie gras e estando apenas um passo atrás do caviar. Frequentemente, é servida ao lado de cortes nobres de carne, em combinações luxuosas conhecidas como “Surf and Turf”.

Devido à alta demanda e oferta limitada, é comum ver a lagosta sendo vendida a “preço de mercado” nos cardápios.

A trajetória da lagosta é um lembrete fascinante de como as percepções culturais e o valor de um alimento podem mudar ao longo do tempo. Quem diria que a humilde “Barata do Mar” se tornaria uma das delícias mais sofisticadas da culinária mundial?

Não quer perder nenhum conteúdo exclusivo do Seu Passatempo? Então, vá até o Google Notícias e selecione “✩ Seguir”. Assim, todas as nossas atualidades aparecerão diretamente para você!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *