mulher em fundo com cérebro e conexões que remetem à tecnologia

Inteligência Artificial: por que menos mulheres estão usando?

CURIOSIDADES

A popularidade da Inteligência Artificial (IA), representada por ChatGPT e outros assistentes virtuais, está em alta. No entanto, algumas mulheres estão demonstrando hesitação em adotar essa tecnologia. Mas por quê? Ao longo deste artigo, desenvolvemos a resposta justificada para esse dado. Confira!

Veja também: Livros feitos com inteligência artificial: um tema que divide opiniões

Erros comprometem a confiabilidade nas plataformas de IA

Algumas pessoas que experimentaram assistentes virtuais identificaram erros em suas respostas, preocupando-se com o fato de as pessoas considerarem essas respostas como pensamentos independentes, o que poderia resultar em plágio.

As empresas que desenvolvem essas tecnologias reconhecem que podem produzir respostas incorretas e pedem aos usuários que verifiquem a precisão das informações fornecidas.

Disparidade de gênero entre os adeptos da IA

Uma pesquisa realizada em diversos países revela que a relutância em adotar a IA parece ser mais comum entre as mulheres do que entre os homens. Enquanto um percentual significativo dos homens usa a IA em suas vidas profissionais ou pessoais, esse número é menor entre as mulheres.

Razões para mulheres adotarem menos

Confira agora porque menos mulheres usam a inteligência artificial.

Elas querem preservar a autenticidade

Algumas mulheres optam por não usar a IA para escrever, pois desejam manter sua voz e personalidade em seu trabalho. Elas valorizam a individualidade e acreditam que seus clientes preferem um conteúdo único e autêntico.

Elas querem manter a alma do processo

Outras pessoas, por exemplo, em áreas de consultoria, preferem se encontrar pessoalmente com seus clientes, evitando o uso de algoritmos para conectar as pessoas.

Elas reconhecem que poderiam economizar tempo usando IA em seus processos, mas acreditam que isso tiraria a personalização e a alma do serviço.

Outras críticas: IA como “Photoshop Pesado”

Alguns profissionais veem a IA como uma forma de “Photoshop pesado” e estão preocupados com a tendência de usar a IA para criar imagens idealizadas de si mesmos. Eles alertam para o risco de as pessoas não serem reconhecidas pessoalmente devido ao uso excessivo de IA.

Especialistas sugerem que as raízes da disparidade de gênero na adoção da IA podem estar relacionadas à falta de representação feminina em campos tradicionalmente dominados por homens, como ciência, tecnologia, engenharia e matemática (STEM).

A falta de confiança e as expectativas sociais também podem impedir que algumas mulheres adotem a IA. Elas podem temer que suas capacidades sejam questionadas se utilizarem ferramentas de IA.

Embora haja desafios significativos a serem superados, é importante que a indústria promova a inclusão e encoraje mais mulheres a participar do desenvolvimento e uso da Inteligência Artificial. É um passo essencial para garantir um futuro equitativo e diversificado no mundo da IA.

Não quer perder nenhum conteúdo exclusivo do Seu Passatempo? Então, vá até o Google Notícias e selecione “✩ Seguir”. Assim, todas as nossas atualidades aparecerão diretamente para você!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *