gelo no egito

Como conservavam o gelo no Egito Antigo? Descubra agora!

CURIOSIDADES

O Egito Antigo é um verdadeiro enigma repleto de segredos incríveis e que guarda muita história! Mas você já se perguntou como as pessoas conseguiam conservar o gelo no Egito? Nesse artigo contamos pra você, então prepare-se para desvendar esse mistério conosco!

Veja também: Curiosidades sobre o Universo: fatos cósmicos que vão te surpreender!

Onde era armazenado o gelo no Egito

Ao contrário do que se possa imaginar, no antigo Egito, o gelo não era produzido, mas sim coletado manualmente. Na época, escravos eram enviados para retirar o gelo das montanhas congeladas da região.

Os engenhosos faraós construíram espaços subterrâneos úmidos nas proximidades do rio Nilo para armazenar o gelo. Essa técnica permitia a conservação do gelo por mais tempo, garantindo um suprimento constante.

Como os Persas produziam e conservavam gelo

Há cerca de 2.500 anos, na região que hoje é o Irã, os Persas desenvolveram um método eficiente para produzir e conservar gelo de forma natural.

Eles escavavam canais que se enchiam com água durante os períodos de frio intenso, permitindo a formação de gelo. Após a formação, eles quebraram o gelo e o transportavam para armazenamento.

Os Persas utilizavam as construções chamadas de Yakhchal para manter o gelo resfriado por meses. Essas estruturas tinham paredes espessas, cerca de 2 metros, feitas de uma substância chamada Sarooj.

O Sarooj era uma mistura de areia, cinzas de fogueira e claras de ovos, que, ao secar, tornava-se rígida e selada. Isso tornava as construções ideais para preservar o gelo, mesmo durante as estações quentes do ano.

Essas curiosidades nos mostram como a engenhosidade humana encontrava soluções surpreendentes, mesmo em épocas tão antigas. Afinal, a conservação de gelo no Egito antigo e as técnicas dos Persas são verdadeiras maravilhas da história.

Quer continuar descobrindo segredos fascinantes? Então, não deixe de explorar mais conteúdo incrível aqui no Seu Passatempo!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *