Alerta: buraco na camada de ozônio tem 3 vezes o tamanho do Brasil

NOTÍCIAS

A comunidade científica está em alerta máximo com as últimas descobertas sobre o buraco na camada de ozônio. Segundo dados do satélite Copernicus Sentinel-5P, em 2023, este buraco alcançou um tamanho alarmante, equivalente a três vezes a área do Brasil. Vamos entender o que está acontecendo e por que isso é crucial.

Veja também: Tempestade solar 2024: O “Apocalipse da Internet” se aproxima?

Satélite Sentinel-5P

O satélite Copernicus Sentinel-5P, uma iniciativa pioneira da Agência Espacial Europeia (ESA), revelou um quadro preocupante. Lançado em 2017, este satélite monitora a atmosfera terrestre e suas medições indicam uma expansão sem precedentes na camada de ozônio sobre a Antártida.

Variações anuais

Historicamente, o tamanho do buraco de ozônio varia ao longo do ano, mas em 2023, os cientistas observaram um início precoce e um crescimento rápido do buraco já em agosto. A evolução deste fenômeno é crucial para entendermos as mudanças climáticas e ambientais em curso.

A influência do vulcão Hunga Tonga-Hunga Ha’apai

Pesquisadores sugerem que a erupção do vulcão Hunga Tonga-Hunga Ha’apai, em 2022, pode ter contribuído para este aumento. A hipótese é que a umidade injetada na estratosfera tenha acelerado a formação de nuvens estratosféricas polares, ambientes onde os CFCs (clorofluorocarbonetos) degradam o ozônio mais eficientemente.

Os CFCs e Protocolo de Montreal

Os CFCs, amplamente usados no passado em refrigerantes e aerossóis, são grandes vilões na história da camada de ozônio. O Protocolo de Montreal, adotado em 1987, visou eliminar essas substâncias nocivas, mas seu legado ainda afeta a recuperação da camada de ozônio.

Projeções futuras

Apesar do cenário atual ser preocupante, há esperança. Cientistas projetam que, seguindo o Protocolo de Montreal, a camada de ozônio poderá se recuperar totalmente até 2050. Este é um lembrete da importância das ações ambientais globais para a proteção do nosso planeta.

Para saber mais sobre os impactos das mudanças ambientais e os esforços globais para proteger a Terra, continue acompanhando o Seu Passatempo. Aqui, você encontrará informações atualizadas e análises aprofundadas sobre os temas mais relevantes do momento. Mantenha-se informado e engajado!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *