como suprimir pensamentos ruins

Como suprimir pensamentos ruins: uma nova abordagem para o bem-estar mental

CURIOSIDADES

Todos temos nossos dias difíceis, onde pensamentos negativos parecem nos dominar, criando teias de insegurança e estresse. Tradicionalmente, dizem-nos que devemos suprimir pensamentos ruins. No entanto, uma nova pesquisa da Universidade de Cambridge traz uma perspectiva diferente sobre o tema.

Veja também: Essas frases podem estar destruindo o seu relacionamento: confira quais são e as evite!

Confrontando o monólogo interno negativo

Muitas vezes, somos inundados por emoções e lembranças desagradáveis que minam nossa autoestima. Em contrapartida, o estudo recente sugere que, para algumas pessoas, combater essa maré negativa pode ser benéfico.

Quando instruídos a suprimir pensamentos de medo ou neutros, os participantes relataram menos ansiedade, sentimentos negativos e depressão.

Como foi a pesquisa?

A equipe de pesquisadores de Cambridge trabalhou com 120 indivíduos de 16 países. Durante três dias, essas pessoas foram expostas a palavras-chave relacionadas a eventos futuros, sejam eles positivos, negativos ou neutros, sendo orientadas a imaginá-los ou suprimi-los.

Os resultados, após três meses do estudo, foram surpreendentes: aqueles que suprimiram pensamentos negativos apresentaram uma melhora significativa em sua saúde mental.

Benefícios da supressão

Ao contrário da crença popular de que reprimir pensamentos pode piorar a situação, os dados mostraram uma realidade diferente.

Aqueles com estresse pós-traumático, por exemplo, tiveram uma redução de 16% em escores de saúde mental negativos e um aumento de quase 10% em escores positivos.

E as memórias reprimidas?

Uma preocupação comum é que esses pensamentos suprimidos retornem com mais força. No entanto, dos 120 participantes, apenas um teve melhor memória de eventos reprimidos após o treinamento.

Uma reviravolta nos paradigmas da psicologia

Michael Anderson, psicólogo cognitivo responsável pelo estudo, destaca que os resultados vão contra o senso comum. Suprimir pensamentos de medo, quando feito corretamente, pode ser não apenas possível, mas também benéfico.

Conclusão

Embora seja necessária mais pesquisa para solidificar esses achados, não há dúvida de que essa nova perspectiva sobre a supressão de pensamentos traz uma luz de esperança para muitos. E você, já considerou essa abordagem?

Curioso por mais matérias como esta? Visite a nossa página no Google Notícias, clique em “✩ Seguir” e mantenha-se atualizado com todas as dicas do Seu Passatempo direto no seu celular.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *