sapatos pontudos

Por que as pessoas usavam sapatos pontudos no período medieval?

CURIOSIDADES

Durante o período medieval, uma tendência peculiar tomou conta das ruas europeias: os sapatos longos e pontudos, conhecidos como Crackows. Esses sapatos pontudos não eram apenas uma declaração de moda; eles representavam riqueza, prestígio e a audácia de seus usuários.

Símbolo de riqueza e extravagância

A origem exata dos Crackows é incerta, mas uma coisa era clara: quanto mais longa a ponta, mais rica e influente a pessoa que a usava.

Em um momento em que o calçado podia ser escasso e prático para muitos, ter um sapato que era puramente estético falava volumes. De fato, os pontos desses sapatos poderiam se estender por impressionantes 50 centímetros!

Regulamentando a moda

Tamanha era a febre desses sapatos pontudos que o próprio Rei Eduardo IV, em 1463, sentiu a necessidade de intervir. Preocupado com os excessos e possivelmente com os perigos que apresentavam, ele promulgou uma lei restringindo o comprimento dos bicos dos sapatos a nao mais que 5 centímetros.

Os perigos escondidos dos Crackow

A extravagância tinha seu preço. Os usuários frequentemente amarravam cordas ou correntes de ouro desde a ponta dos sapatos até os joelhos para evitar tropeços. Mas os riscos não se limitavam a quedas.

A estrutura e o design desses sapatos eram um terreno fértil para problemas nos pés, como os dolorosos joanetes. Curiosamente, estudos de esqueletos medievais revelaram que a incidência de joanetes era significativamente maior entre os mais ricos, provavelmente devido ao uso frequente de Crackows.

O legado dos sapatos pontudo

Apesar dos riscos e da eventual regulamentação, os Crackows deixaram uma marca indelével na história da moda. Eles são um lembrete fascinante de como as sociedades valorizam a expressão pessoal e o status, mesmo à custa do conforto e da funcionalidade.

Não quer perder nenhum conteúdo exclusivo do Seu Passatempo? Então, vá até o Google Notícias e selecione “✩ Seguir”. Assim, todas as nossas atualidades aparecerão diretamente para você!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *