123milhas do Cadastur

Ministro do Turismo suspende 123milhas do Cadastur e inicia investigação

NOTÍCIAS

O ministro do Turismo, Celso Sabino, anunciou a suspensão da agência de viagens 123milhas do Cadastur, programa que agiliza empréstimos e financiamentos no setor. A empresa está sob análise após interromper a emissão de passagens promocionais e pacotes flexíveis.

Veja também: Preso namorado de médica assassinada no interior de SP. Veja a evolução do caso

Investigação aprofundada pela Secretaria Nacional do Consumidor

O Ministério do Turismo, em conjunto com a Secretaria Nacional do Consumidor (Senacon), órgão do Ministério da Justiça, lançou uma investigação para avaliar as práticas da 123milhas e modelos de negócios semelhantes. O ministro Celso Sabino enfatizou a busca por segurança, credibilidade e preços justos para os cidadãos brasileiros.

Proteção aos consumidores

A suspensão do Cadastur visa proteger os consumidores que adquiriram pacotes da 123milhas, assegurando reembolso caso as viagens não possam ser realizadas. Além disso, o cadastro é essencial para empresas obterem benefícios como o Programa Emergencial de Retomada dos Setores de Eventos (Perse), criado na pandemia.

Promessa de preços acessíveis e crescimento no setor

Sabino destacou o empenho do Ministério do Turismo em parceria com outros ministérios para encontrar alternativas que proporcionem passagens mais acessíveis no Brasil. O ministro ressaltou o potencial de crescimento do setor de Turismo no país.

Celso Sabino, que assumiu o comando do Ministério do Turismo em agosto, após a minirreforma ministerial, trouxe mudanças importantes. O presidente Lula ainda avalia pastas para André Fufuca e Silvio Costa Filho. Enquanto isso, o Centrão busca espaços, e as definições ocorrerão após a Cúpula dos Brics.

Quer ficar por dentro de mais novidades, fofocas e atualidades? Não deixe de conferir o Seu Passatempo para mais conteúdos exclusivos!

1 thought on “Ministro do Turismo suspende 123milhas do Cadastur e inicia investigação

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *