mulher fazendo toque na mama

Outubro Rosa lembra de sinais que você não pode ignorar

DICAS

A campanha “Outubro Rosa” começou com um evento impactante nos EUA, a “Corrida pela Cura”. Mas, olha, a questão é séria aqui no Brasil, com muitas mulheres sendo acometidas pela doença e, acredite, até homens.

Para saber mais sobre isso, não deixe de conferir o artigo na íntegra, pois o assunto é importante e fazer os exames é necessário!

Veja também: Teste de gravidez serve para diagnosticar câncer de testículo: mito ou verdade?

Por que eu? Fatores de risco que você precisa conhecer

Talvez você já tenha ouvido falar de alguns deles, como sedentarismo ou consumo exagerado de álcool. Mas, sabia que até a idade que você teve sua primeira menstruação ou gravidez pode influenciar?

Quando a família dá os sinais

Um ponto que merece atenção é o histórico familiar. Portanto, se na sua árvore genealógica tem casos de câncer de mama ou de ovário, fique de olho. E se tiver algum parente que teve câncer antes dos 50 anos, a atenção deve ser redobrada!

Aquele alerta que não pode passar batido

O corpo fala e a gente precisa ouvir. Além do nódulo nas mamas, a pele pode dar sinais, assim como o mamilo. E o líquido estranho saindo do mamilo? Não ignore!

Importância do diagnóstico precoce

Mamografia não é só para quem tem sintomas, viu? Se você tem entre 50 e 69 anos, o Ministério da Saúde sugere que faça o exame a cada dois anos. Falar com seu ginecologista é sempre uma boa!

E se o resultado for positivo?

O medo e a insegurança são naturais. Mas, com informação e apoio, você pode enfrentar a doença de peito aberto. Entender o seu tipo de câncer e o tratamento é fundamental. E lembre-se, você não está sozinha.

Não quer perder nenhum conteúdo exclusivo do Seu Passatempo? Então, vá até o Google Notícias e selecione “✩ Seguir”. Assim, todas as nossas atualidades aparecerão diretamente para você!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *